Notícias

7jul

CAMPEÃO GAÚCHO DE 1977 - HÁ 30 ANOS

Retrospectiva
Share Share Share
No dia 25 de setembro de 1977, há 30 anos, o Grêmio vencia o Internacional no Estádio Olímpico pelo placar de 1 a 0 e, depois de oito anos, retomava a hegemonia do futebol gaúcho conquistando o Estadual.
Uma equipe que mesclava atletas experientes com recém surgidos foi a receita encontrada pela presidente Hélio Dourado.
Com Nelson Olmedo na vice-presidência de Futebol e Telê Santana no comando técnico, o Grêmio viveu uma de suas melhores temporadas que só não culminou com a conquista do Brasileirão por detalhes.
A partir de hoje, o site do Grêmio relembra essa campanha vitoriosa e inesquecível, acompanhando jogo a jogo a trajetória gremista até o título estadual de 1977. 

-------------------------------------------------

03.07.1977 – CAXIAS 0 x 0 GRÊMIO

Apesar de normalmente um empate contra o Caxias, no Centenário, não ser um mal resultado, o Grêmio lamentou bastante a igualdade sem gols no jogo deste domingo, na Serra.
Melhor do que seu adversário, o Tricolor perdeu grandes chances de gol e a oportunidade de voltar para Porto Alegre com dois pontos importantes.
Jogadores, comissão técnica e diretoria reclamaram muito da arbitragem de Luís Torres que deixou de marcar um pênalti claro sobre André no início da etapa final. O atacante invadiu a área, driblou o goleiro Bagattini e foi derrubado. O juiz nada marcou. A decisão revoltou os gremistas.

GRÊMIO 0:
Corbo, Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Leandro; Tarciso, André e Eder.
Técnico: Telê Santana

CAXIAS 0:
Bagattini; Sérgio Vieira, Cedenir, Pontes e Tabajara; Clóvis, Osmar e Paulo César (Nana); Zé Guimarães (Maurinho), Bebeto e Jurandir.
Técnico: Marco Eugênio 

Árbitro: Luís Torres


-------------------------------------------------

25.06.1977 - GRÊMIO 2 x 0 ESPORTIVO

Depois de 25 dias realizando apenas jogos amistosos, o Grêmio voltou a disputar o Campeonato Gaúcho de 1977 na abertura do primeiro turno da fase final da competição. Na tarde de sábado, com uma temperatura de 5 graus, o Tricolor venceu no Olímpico o Esportivo de Bento Gonçalves pelo placar de 2 a 0.
André Catimba, recém contratado ao Vitória da Bahia e fazendo seu segundo jogo com a camisa gremista, abriu o marcador logo aos 10 minutos da etapa inicial.
No segundo tempo, aos 9, o zagueiro Oberdan ampliou colocando números finais no placar. 
O jogo marcou a estréia como profissional de Jorge Leandro, com 17 anos, promovido dos juniores.

GRÊMIO 2:
Corbo; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Leandro; Tarciso, André e Eder.
Técnico: Telê Santana 

ESPORTIVO 0:
Janio, Reginaldo, Carlão, José e Espinosa; Zico, Celso Freitas e Adilson; Eraldo, Luiz Freire e Joel (Valdeci)
Técnico: Poletto 

Gol: André e Oberdan (GRE)

Árbitro: Nazarino Pinzon


-------------------------------------------------

01.06.1977 - INTERNACIONAL 0 x 0 GRÊMIO

Apesar de jogar melhor do que o adversário, o Grêmio não conseguiu marcar no Gre-Nal de volta válido pela decisão da primeira fase do Gauchão. Com o empate sem gols no Beira-Rio, e mesmo com total superioridade sobre seu rival durante toda a primeira fase, o Grêmio acabou perdendo a oportunidade de garantir vaga na final da competição por antecipação. O mérito ficou por conta do Internacional.

GRÊMIO 0:
Corbo; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Jerônimo (Zequinha); Tarciso, Alcindo e Eder.
Técnico: Telê Santana

INTERNACIONAL 0:
Manga; Cláudio, Marinho, Gardel e Beretta; Falcão, Batista e Jair (Caçapava); Valdomiro, Dario e Santos.
Técnico: Carlos Castilhos 

Árbitro: Agomar Martins

-------------------------------------------------

29.05.1977 - GRÊMIO 0 x 1 INTERNACIONAL

Depois de aproximadamente 20 dias de paralisação, onde realizou dois jogos amistosos, o Grêmio voltou a campo pelo Campeonato Gaúcho de 1977 para decidir a primeira fase da competição em dois clássicos Gre-nal decisivos.
A parada não foi boa para o Tricolor que acabou derrotado pelo Internacional na primeira partida, no Beira-Rio, gol sofrido no último minuto de jogo. 

GRÊMIO 0:
Corbo; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Irura (Jerônimo); Tarciso, Claudinho e Eder (Zequinha).
Técnico: Telê Santana

INTERNACIONAL 1
Manga; Cláudio, Marinho, Gardel e Beretta; Falcão, Batista e Jair; Valdomiro, Dario e Santos.
Técnico: Carlos Castilhos

Gol: Dario (INT)

Árbitro: Agomar Martins


-------------------------------------------------

08.05.1977 - INTERNACIONAL 1 x 0 GRÊMIO

Já garantido como primeiro do seu grupo, a direção gremista decidiu entrar no primeiro clássico Gre-Nal do Gauchão de 1977, no Beira-Rio, com um time misto poupando alguns atletas.
A iniciativa, bastante discutida entre os torcedores, acabou trazendo seus efeitos. Com gol marcado pelo atacante Santos, aos 14 minutos da etapa final, o Grêmio acabou derrotado por 1 a 0 perdendo uma invencibilidade de 23 jogos.


GRÊMIO 0:
Remi; Vilson, Ancheta, Tadeu Vieira e Ladinho; Valderez, Jerônimo e Luís Carlos; Zequinha (Tarciso), Claudinho (Alcindo) e Gino.
Técnico: Telê Santana

INTERNACIONAL 1
Manga; Chico Fraga, Marinho, Gardel e Vacaria; Falcão, Batista e Pedro (Pedrinho); Jair (Escurinho), Dario e Santos.
Técnico: Carlos Castilhos 

Gol: Santos (INT)

Árbitro: Airton Bernardoni


-------------------------------------------------

04.05.1977 - GRÊMIO 5 x 0 SÃO BORJA

Ancheta e Eder, com três cartões amarelos, não participaram do jogo contra o São Borja, no Olímpico. Apesar dos desfalques, o time de Telê Santana não tomou conhecimento do adversário e goleou pelo placar de 5 a 0, gols marcados por Oberdan (duas vezes), Alcindo e Tarciso. O zagueiro Sommer ainda marcou contra fechando o marcador.
O Tricolor volta suas atenções agora para o Gre-Nal do próximo dia 08.

GRÊMIO 5:
Remi; Eurico, Tadeu Vieira, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iura (Jerônimo); Tarciso, Alcindo (Zequinha) e Gino
Técnico: Telê Santana

SÃO BORJA 0:
Alcino; Patrício, Cassiá, Sommer e Tarugo; Carlinhos, Máximo e Canega; Rapete (Gilberto), Marçal e Tato (Leopoldo).
Técnico: Ivo Diogo

Gols: Oberdan (duas vezes), Alcindo, Sommer contra e Tarciso (GRE)

Árbitro: Nazarino Pinzon


-------------------------------------------------

30.04.1977 - GRÊMIO 1 x 0 SANTO ÂNGELO

Quando Tarciso abriu o placar para o grêmio aos 11 minutos da etapa inicial, os quase 15 mil gremistas que aproveitaram a bonita tarde de sábado para irem ao Olímpico esperavam uma goleada sobre o modesto Santo Ângelo. Porém, o time das Missões soube esfriar o ímpeto gremista e segurou o resultado até o final. Nem mesmo os retornos de Alcindo e Eder formando outra vez o ataque titular ao lado de Tarciso foi suficiente para ampliar o placar.
O que valeu mesmo foram os dois pontos da vitória.

GRÊMIO 1:
Remi; Eurico, Ancheta (Tadeu Vieira), Oberdan e Vilson; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iura (Jerônimo); Tarciso, Alcindo e Éder.
Técnico: Telê Santana 

SANTO ÂNGELO 0:
Nilton; Arceu, Souza, Wilson e Edemar; Mauro, Bido (Hidon) e Pingo; Telo, Valim e Branco. 

Gol: Tarciso (GRE)

Árbitro: José Luís Barreto


-------------------------------------------------

27.04.1977 - PELOTAS 0 x 3 GRÊMIO

O Grêmio segue em sua campanha invicta rumo ao título do Gauchão de 1977. Na noite de quarta-feira, foi ao estádio da Boca do Lobo, em Pelotas, e não tomou conhecimento dos donos da casa.
Mesmo desfalcados de quatro titulares, Eder, Iúra e Ancheta, suspensos, e Alcindo, lesionado, o Tricolor jogou com tranqüilidade e fez 3 a 0 no Pelotas.
Gols marcados por Tarciso, Gino e Vilson.

GRÊMIO 3:
Remi; Eurico, Tadeu Vieira, Oberdan e Ladinho (Vilson); Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Jerônimo; Zequinha, Tarciso e Gino.
Técnico: Telê Santana

PELOTAS 0:
Leomar; Marco Antônio, Rubão, Fernando Xavier e Elton; Silvio Vieira, Edson (Mortosa) e Jorge Luís; Francisco (Volnei), Flávio e Flávio Corrêa.
Técnico: Júlio Arão 

Gols: Tarciso, Gino e Vilson (GRE)

Árbitro: José Cavalheiro de Moraes


-------------------------------------------------

24.04.1977 - JUVENTUDE 0 x 1 GRÊMIO

Com os retornos de Oberdan à zaga e Eder ao ataque, o Grêmio foi com força máxima a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude no “caldeirão” do Alfredo Jaconi. Mesmo com bolhas no pé, o atacante centroavante foi confirmado para atuar na partida que estava sendo considerada a mais difícil da fase inicial para o Tricolor.
Logo aos 12 minutos, o ponta-esquerda Eder abriu o marcador. Gol que daria a vitória ao Grêmio pelo placar mínimo. Nem a pressão do time local durante o restante do jogo atrás do empate foi suficiente para romper a defesa gremista. 

GRÊMIO 1:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iura; Tarciso, Alcindo e Éder.
Técnico: Telê Santana

JUVENTUDE 0:
Valdir; Benazzi, Gonçalves, Renato Cogo e Norival; Alcione, Sony e Assis; Flexa, Borjão e Soares (Joaquim)
Técnico: Daltro Menezes 

Gol: Eder (GRE)

Árbitro: Carlos Martins


-------------------------------------------------

20.04.1977 - GRÊMIO 1 x 0 GAÚCHO (PF)

Embalado pela grande vitória do clássico do último final de semana, o Grêmio recebeu, na noite de quarta-feira, no Olímpico, o Gaúcho de Passo Fundo e venceu pelo placar de 1 a 0. O gol da vitória foi anotado aos 27 minutos por Tadeu Ricci, o jogador destaque da semana pela grande atuação e os dois gols marcados no último Gre-Nal.
Apesar da aparente fragilidade do adversário, o Grêmio não encontrou facilidades e mostrou sentir as ausências de Oberdan e Eder, suspensos. 

GRÊMIO 1:
Remi; Eurico, Ancheta, Tadeu Vieira e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra (Zequinha); Tarciso, Alcindo e Gino.
Técnico: Telê Santana 

GAÚCHO (PF) 0:
Ronaldo, Di, Mario Tito, Brito, Maurílio, Roberto Vânio (Sérgio Pontes), Serginho, Zé Carlos, Pavão (Batista), Batista e Luiz Alberto.

Gol: Tadeu Ricci (GRE)

Árbitro: Luiz Louruz


-------------------------------------------------

17.04.1977 - GRÊMIO 3 x 0 INTERNACIONAL

Depois de uma semana de mistério para o primeiro clássico Gre-Nal do ano, o Grêmio entrou em campo com Alcindo como titular no comando de ataque, ainda que Zequinha estivesse recuperado de lesão. Foi uma decisão acertada. Ao lado de Tadeu Ricci, Alcindo foi um dos destaques do clássico vencido pelo Tricolor pelo placar de 3 a 0. Uma atuação impecável ainda que o Internacional estivesse desfalcado de cinco titulares.
Tadeu Ricci marcou duas vezes e Alcindo fechou o placar no final do jogo.
Uma verdadeira festa para a nação gremista que comemorou a goleada sobre o atual campeão brasileiro com um banho de bola.

GRÊMIO 3:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra (Jerônimo); Tarciso, Alcindo (Zequinha) e Eder.
Técnico: Telê Santana 

INTERNACIONAL 0:
Manga, Cláudio, Marião, Hermíno e Chico Fraga; Caçapava (Joãozinho Paulista), Falcão e Batista; Pedrinho (Jair), Dario e Escurinho
Técnico: Carlos Castilhos

Gols: Tadeu Ricci e Alcindo (GRE)

Árbitro: Luis Torres


-------------------------------------------------

12.04.1977 - RIOGRANDENSE 0 x 2 GRÊMIO

Com Zequinha ainda se ressentindo de uma lesão, o Grêmio viajou até Santa Maria, na noite desta terça-feira, e voltou de lá com uma grande vitória por 2 a 0 sobre o Riograndense.
O artilheiro Alcindo, começando pela primeira vez como titular no Gauchão, abriu o placar aos 27 da primeira etapa.
O Riograndense, empurrado pela torcida, pressionou até o final, mas acabou parando na bem postada zaga tricolor.
Já nos descontos do segundo tempo, Éder marcou o segundo definido o placar.
Após a vitória e a manutenção da liderança isolada do grupo, o Grêmio volta suas atenções para o Clássico Gre-Nal de domingo, dia 17.
A arbitragem para o clássico é a maior preocupação da direção gremista.

GRÊMIO 2:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra; Tarciso, Alcindo e Eder.
Técnico: Telê Santana

RIOGRANDENSE 0: 
Ubirajara; Mauro, Bira, Adailton, Dirceu, Neca, Da Silva, Tijuca, Danilo, Guinga e chicota 
Técnico: Willi Brandão

Gols: Alcindo e Eder (GRE)

Árbitro: Agomar Martins


-------------------------------------------------

10.04.1977 - GRÊMIO 2 x 1 SANTA CRUZ

Depois de cinco partidas desde o início do Campeonato atuando com a mesma escalação, o técnico Telê Santana foi obrigado a mudar o Grêmio para a partida contra o Santa Cruz, no Olímpico. Zequinha, com dores no pé, foi vetado pelo Departamento Médico. Alcindo, seu substituto, ficou como opção para a segunda etapa, pois também se recuperava de bolhas no pé. O atacante Claudinho, ao lado de Tarciso e Éder, foi o responsável pelo ataque tricolor.
Porém, assim como acontecera no jogo anterior, o setor defensivo da equipe foi o grande responsável pela difícil vitória de 2 a 1 contra o time de Santa Cruz do Sul.
O lateral direito Eurico abriu o marcador para o Grêmio no final da primeira etapa.
Aos 11 do segundo tempo, Zezinho empatou.
No minuto 20, o zagueiro Ancheta foi à área adversária para fazer o gol da vitória do Grêmio, cada vez mais líder do seu grupo no Gauchão 77. 

GRÊMIO 2:
Remi; Eurico, Ancheta, Tadeu Vieira e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra; Tarciso, Claudinho (Alcindo) e Eder.
Técnico: Telê Santana 

SANTA CRUZ 1:
Joceli; Joel, Djalmo, Nelson, Felix, Dilvar, Foguinho (Cuca), Astronauta, Cuca (Silva), Rudi (Zé Oliveira) e Zezinho. 
Técnico: Gaúcho

Gols: Eurico e Ancheta (GRE); Zezinho (SCR)

Árbitro: Orion Sater de Melo



-------------------------------------------------

06.04.1977 - NOVO HAMBURGO 1 x 3 GRÊMIO

Em sua segunda partida fora de casa, o Tricolor foi ao Estádio Santa Rosa e bateu o Novo Hamburgo pelo placar de 3 a 1. O destaque ficou por conta do meia Tadeu Ricci, autor de dois gols. Claudinho, que entrou no lugar do lesionado Zequinha, também marcou.
Apesar da vantagem no marcador, o jogo foi muito difícil. Os donos da casa sairam na frente mas o Grêmio buscou a virada ainda no primeiro tempo, ampliando o placar no final.

GRÊMIO 3:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra (Vilson); Zequinha (Claudinho), Tarciso e Eder.
Técnico: Telê Santana 

NOVO HAMBURGO 1:
Rui, Pedro, Ademir, Richard, Túlio, Cláudio, João Luís, Dirceu, Zé Rodrigues (Birinha), Ciro (Milton) e Nilo.
Técnico: Poletto

Gols: Tadeu Ricci (2) e Claudinho (GRE); Zé Rodrigues (NH) 

Árbitro: Rui Cañedo



-------------------------------------------------

03.04.1977 - GUARANY DE BAGÉ 0 x 1 GRÊMIO

Na tarde de domingo, dia 3 de abril, o Grêmio enfrentou o Guarany de Bagé no caldeirão do estádio Estrela D´alva, completamente lotado.
Uma partida típica de Gauchão onde o Grêmio enfrentou não só a garra dos jogadores do time da casa como a pressão da torcida nas arquibancadas.
Com um gol do zagueiro Ancheta na segunda etapa, o Tricolor conseguiu superar o adversário voltando de lá com a vitória. 

GRÊMIO 1:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra (Jerônimo); Zequinha, Tarciso e Eder.
Técnico: Telê Santana

GUARANY 0:
Celso; Mansur, Livio, Roberto, Zé Carlos, Ferreira, Airton, Roni (Badico), Leivinha, Badico (Didi Pedalada) e Adeli.
Técnico: Danilo Nigris

Gol: Ancheta (GRE)

Árbitro: Luís Torres 

 

-------------------------------------------------

31.03.1977 - GRÊMIO 3 x 1 YPIRANGA - ERECHIM

Em um dia bastante inspirado, o zagueiro Oberdan foi o grande destaque do segundo jogo do Grêmio pelo Estadual. Ele foi o autor de dois gols da vitória gremista por 3 a 1 sobre o Ypiranga de Erechim em jogo realizado para um bom público de 10.349 pagantes no Olímpico.

GRÊMIO 3:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan (Vilson) e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra; Zequinha, Tarciso e Eder.
Técnico: Telê Santana 

YPIRANGA 1: 
Dilon, Joubert, Jorge, Mujica, Cito, Clovis, Ederson, Paulo Roberto, João Carlos, Lambari e Fernando Rabelo (Taborda).  

Gols: Oberdan (2) e Zequinha (GRE) - Lambari (YPI).

Árbitro: Luís Guaranha 

----------------------------------------------------


27.03.1977 - GRÊMIO 4 x 0 CRUZEIRO

O Tricolor estreou com o pé direito na competição estadual de 77. Jogando diante de sua torcida, no Estádio Olímpico, o Tricolor aplicou 4 a 0 no Cruzeiro de Porto Alegre.
No mesmo dia, a direção anunciava a contratação do goleiro uruguaio Walter Corbo, contratado junto ao Peñarol de Montevidéu.

GRÊMIO 4:
Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan (Vilson) e Ladinho; Vitor Hugo, Tadeu Ricci e Iúra; Zequinha, Tarciso (Claudinho) e Eder.
Técnico: Telê Santana

CRUZEIRO 0:
Cláudio; Aimoré (Itamar), Levi, Luís Carlos, Serginho, Juarez, Doraci, Geraldo, Paulo Choco, Lettieri e Rosalindo (Pingo).
Técnico: Sérgio Moacir

Gols: Tadeu Ricci, Eder, Eurico e Tarciso.

Árbitro: Luiz Louruz




galeria de imagens:

notícias anteriores