Notícias

8jun

GRÊMIO GOLEIA CHAPE NA ARENA CONDÁ E VOLTA AO TOPO DA TABELA

Com gols de Everton (3x), Michel (2x) e Luan, o Tricolor venceu o time catarinense por 6 a 3
Share Share Share

Se esperava um jogo difícil e, mesmo com o largo placar, ele foi. Importante ressaltar: de muito gols.

O Grêmio encarou na noite desta quinta-feira a Chapecoense, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Venceu o time catarinense pelo placar de 6 a 3, na Arena Condá, em Chapecó.

O primeiro tempo iniciou movimentado, com muitos ataques organizados por ambas as equipes. Aos 20 minutos, o Tricolor abriu o marcador com um golaço sensacional - Michel, do meio campo, fez um lançamento que virou gol. Jandrei estava adiantado e a bola morreu no fundo das redes. Não demorou muito e aos 25’, o segundo gol da partida, agora não dos pés, mas sim da cabeça do volante - Depois da cobrança de falta de Luan, colocando a bola na área, o camisa 5 subiu e, de cabeça, mandou para o fundo das redes, marcando seu segundo na partida.

Aos 33’, a Chape descontou com um gol polêmico.

Na segunda etapa, Renato fez sua primeira alteração, aos 13 minutos. Tirou Barrios, que estava sentindo desconforto muscular e colocou Everton. Na sua primeira participação na partida, aos 14 minutos, o atacante recebeu um lançamento de Pedro Rocha e mandou por cobertura, marcando o terceiro gremista. Um minuto depois, foi a vez de Luan acionar o Cebolinha, que dominou, invadiu a área e de esquerda mandou para o fundo das redes.

Aos 27’, os donos da casa tiveram um pênalti duvidoso a seu favor. Reinaldo cobrou e mandou de perna canhota no canto direito de Marcelo Grohe, descontando.

Com 35 minutos, o Grêmio se lançou em um contra-ataque arrasador. Luan ficou cara a cara com a marcação e conseguiu passar por ela. Everton recebeu assistência na esquerda, invadiu a área e mandou para o fundo das redes, deslocando Jandrei e marcando seu terceiro gol, o quinto gremista.

A Chape ainda conseguiu descontar aos 44’, com Arthur. Mas no minuto seguinte, os gremistas responderam a altura. Ramiro deu um passe açucarado para Luan, que ficou de frente com Jandrei e mandou para o fundo das redes.

Final de jogo: Grêmio 6, Chapecoense 3.

Quanto as demais alterações: Maicon e Edilson, substituíram Pedro Rocha e Léo Moura.

Com o resultado, o Grêmio conquistou 3 pontos, chegando a 12, assumindo a vice-liderança do Brasileiro.

Escalação: Marcelo Grohe, Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Pedro Rocha e Lucas Barrios.

Banco: Bruno Grassi, Edilson, Bressan, Bruno Rodrigo, Maicon, Jailson, Kaio, Everton, Fernandinho e Beto da Silva.


O trio de arbitragem foi comandado por Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo dos Santos.

O jogo:

Primeiro Tempo


A primeira oportunidade foi da Chape, que criou pela esquerda. Depois de troca de passes, Rossi recebeu um cruzamento no meio e chutou a gol, mas mandou por sobre a meta gremista. Na sequência, o Grêmio respondeu com um lançamento de Michel, colocando a bola na entrada da área, mas a defesa afastou, cortando o lance, logo aos 2 minutos.

E o time da casa seguiu pressionando no início da partida e chegou novamente com um escanteio. Seijas cobrou e colocou em curva no segundo poste para a defesa gremista afastar.

Já aos 4 minutos, Lucas Barrios tentou receber um lançamento, mas a bola correu demais e ficou com Jandrei. Em outro momento, Arthur pifou Michel e volante se lançou pela esquerda, mandando a gol, mas foi pra fora, assustando o arqueiro catarinense.

Tentando surpreender, a Chapecoense chegou com Wellington Paulista, tentando encobrir Marcelo Grohe, que fez a defesa com segurança. Em seguida, o Tricolor ameaçou com boa troca de passes, até que Ramiro fez um lançamento para Léo Moura na área, mas Jandrei se adiantou, subiu e defendeu.

Aos 12 minutos, uma falta para os adversários. Seijas rolou para Luiz Antônio que, de fora da área bateu forte, mas mandou pra fora, sem perigo.

Outro lance dos donos da casa saiu das mãos de Reinaldo, que cobrou uma lateral na área. A bola ficou viva, Kannemann não conseguiu segurar, mas Rafael Thyere cortou o perigo. Em seguida, Seijas tentou para a Chape, mas Marcelo Grohe segurou.

Foi aos 20 minutos que o Tricolor abriu o marcador na Arena Condá. E um golaço sensacional. Michel, do meio do campo, viu Jandrei adiantado e mandou a bola por cobertura, de perna esquerda.

Buscando parar Apodi, na direita, Kannemann aplicou um carrinho sobre o jogador, acabando amarelado. Cortez reclamou do lance e também foi punido. Na cobrança, Seijas mandou fechado e a defesa gremista afastou.

Trocando passes pela direita, Léo Moura e Ramiro criaram boa jogada. Quando o lateral progredia, acabou sendo derrubado por Andrei com uma falta forte. Da intermediária direita, Luan colocou na área, Michel subiu e, de cabeça, mandou para o fundo das redes, marcando seu segundo na partida, aos 25’.

Aos 31 minutos, Apodi ia atacando, mas quando Michel o desarmou, ele cometeu falta forte sobre o volante, que ficou caído no gramado sentindo dores.

A Chape tentou reação pela esquerda, com Seijas, mas Rafael Thyere o desarmou. Arbitragem assinalou falta. Na cobrança, Luiz Antônio mandou direto, ninguém desviou e Marcelo Grohe caiu e fez a defesa em cima da linha, mas foi assinalado gol, aos 33’.

Aos 38 minutos, Luan cobrou uma falta da esquerda, houve o desvio do ataque Tricolor, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Depois de um bate-rebate, Rafael Thyere deu balão para o ataque, que ia se oferecendo para Pedro Rocha, mas Jandrei abandonou a meta para cortar o lance. Em seguida, Luan foi derrubado com falta. Na cobrança, colocou na área para a defesa do goleiro catarinense.

Pela esquerda, Pedro Rocha fez um cruzamento na área, buscando Lucas Barrios, mas Victor Ramos conseguiu o corte.

Aos 45’, os donos da casa chegaram com Arthur passando da marcação e finalizado a foi mas mandou mal, por sobre o gol de Marcelo Grohe.

Pressionando muito no final do primeiro tempo, dentro da área, Seijas mandou a gol. A bola ia passando por Grohe, mas Kannemann estava lá e tirou a bola em cima da linha.

Jogo finalizou aos 47’.

Segundo tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

A Chape foi quem chegou pela primeira vez, com uma cobrança de escanteio de Seijas. Ele cobrou, mas a bola explodiu no rosto de Ramiro e saiu novamente. Na segunda cobrança, o jogador colocou no segundo poste, Wellington Paulista mandou de cabeça, mas Grohe fez a defesa com segurança.

Após cobrança de lateral dentro da área, houve o desvio e a bola chegou a Wellington, que mandou de esquerda. Mandou pra fora.

A Chapecoense de novo fez uma cobrança de lateral na área. Os jogadores subiram e desviaram, mas para fora.

O Grêmio tentou com Pedro Rocha, mas o atacante estava bem marcado para Apodi, que conseguiu ainda cavar tiro de meta,com 8 minutos.

Em contra-ataque, Reinaldo pela direita se lançou até a linha de fundo, mas parou na marcação de Michel. Na sequência, Luan ia recebendo bom lançamento de Arthur, mas Jandrei, mais uma vez, abandonou a meta e afastou.

Aos 9’, Reinaldo cobrou lateral direto na área, a bola anda ficou viva na área, mas saiu pela linha de fundo.

O Grêmio foi para o ataque, trocando passes pelo meio. A bola girou para a direita e Lucas Barrios, bem marcado, acabou sendo desarmado. Em seguida, um bom lance para os gremistas. Barrios acionou Luan dentro da área, que foi derrubado. Nada assinalado.
Se aproveitando do lance, a Chape lançou-se em contra-ataque, mas Rafael Thyere cortou de cabeça.

Substituição: Saiu Lucas Barrios, entrou Everton, aos 13 minutos.

E em sua primeira participação, Everton recebeu um lançamento preciso de Pedro Rocha. De cara com o goleiro, mandou por cobertura. Golaço, aos 14 minutos.

Um minuto depois, Luan acionou Everton, que dominou, invadiu a área e de canhota mandou para o fundo das redes! Que estrela!

Aos 17’, Everton avançou pela direita e cruzou na área, mas dessa vez, Jandrei segurou firme.

O Grêmio se manteve no ataque e, aos 22 minutos, Arthur tabelou com Pedro Rocha, que acabou dividindo com Jandrei e caindo no gramado. Pênalti claro não assinalado pela arbitragem.

Já a Chapecoense teve um pênalti muito duvidoso a seu favor. Aos 27’, Reinaldo cobrou e mandou de perna canhota no canto direito de Marcelo Grohe. Na sequência, seguiram eles no ataque. Nadson dominou no meio-campo e bateu de muito longe, à esquerda do gol gremista.

Substituição: Saiu Pedro Rocha, entrou Maicon, aos 31 minutos.

O Grêmio teve uma cobrança de escanteio a seu favor. Aos 34 minutos, escanteio curto, bola chegou a Léo Moura, mas o passe saiu errado, se perdendo pela linha de fundo.

Aos 35 minutos, o Tricolor se lançou em um contra-ataque arrasador. Luan ficou cara a cara com a marcação e passou por ela. Serviu Everton que passava pela esquerda, invadiu a área e mandou para o fundo do gol, deslocando Jandrei.

Substituição: Saiu Léo Moura, entrou Edilson, aos 38 minutos.

Já aos 40’ Everton arrancou em contra-ataque pela esquerda, mas Apodi cortou de carrinho para lateral.

A Chape conseguiu descontar aos 44’, com Arthur.

Respondendo a altura, Ramiro deu um passe açucarado para Luan, que ficou cara a cara com Jandrei e mandou para o fundo das redes. Golaço do camisa 7.

Final de jogo: Grêmio 6 a 3 Chapecoense.

Partida encerrou aos 40 minutos.

Público total: 14.403 torcedores

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA


Chapecoense X Grêmio - 08/06/2017




Campeonato Brasileiro 2017 - Primeiro Turno

Placar: Chapecoense  3 X 6  Grêmio
Local: Arena Condá
Data: 08.jun.2017

Gols:  Michel(2), Luan, Everton(3)

Escalação Grêmio
Marcelo Grohe  
Léo Moura  
Rafael Thyere  
Kannemann  
Bruno Cortez  
Michel  
Arthur  
Ramiro  
Luan  
Pedro Rocha  
Lucas Barrios  
  Entrou Saiu
Everton   Lucas Barrios
Maicon   Pedro Rocha
Edilson   Léo Moura
Escalação Chapecoense
Jandrei  
Apodi  
Luiz Otávio  
Vitor Ramos  
Reinaldo  
Andrei Girotto  
Luiz Antônio  
Seijas  
Rossi  
Arthur Caike  
Wellington Paulista  
 
Reservas  
 
Elias  
Arthur Moraes  
Fabricio Bruno  
Douglas Grolli  
Moisés  
Nadson  
Neném  
Túlio de Melo  
Niltinho  
Osman  
Dodô  

notícias anteriores