Notícias

30jul

GRÊMIO É SUPERIOR MAS FICA NO EMPATE COM O SANTOS

Tricolor empatou em 1 a 1 com a equipe paulista, na Arena
Share Share Share

O Grêmio enfrentou na noite deste domingo, na Arena, o Santos e empatou com a equipe paulista em 1 a 1, no jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar da superioridade tricolor durante todo o jogo, foi o peixe quem abriu o marcador, aos 44 minutos do primeiro tempo, com David Braz. Os gremistas tiveram várias oportunidades de marcar, inclusive pênaltis claros não assinalados. Mesmo assim, chegou ao gol de empate nos acréscimos, aos 47', com Fernandinho.

A etapa complementar não foi diferente, com o Tricolor mandando no jogo, mas não conseguiu virar o marcador. Renato fez as substituições. Tirou Everton e colocou Michael Arroyo, mas o equatoriano se fraturou e teve que ser substituído por Jailson.

A arbitragem foi polêmica e o Grêmio ainda teve um de seus atletas expulsos: Edilson.

Com o resultado, o Tricolor se mantém em segundo lugar, com 33 pontos.

Escalação: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez, Maicon, Ramiro, Fernandinho, Luan, Pedro Rocha e Everton.

Banco: Paulo Victor, Leonardo Gomes, Bressan, Jailson, Kaio, Machado, Michel Arroyo.

O trio de arbitragem catarinense foi comandado por Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back.

O jogo:

Primeiro Tempo

A saída de bola foi do Santos, que chegou ao ataque no primeiro minuto, com Bruno Henrique chutando em cima da defesa; a bola ainda voltou para o jogador e bateu em sua mão. No lance seguinte, Bruno foi à esquerda e cruzou na área, mas Kannemann conseguiu o corte.

Já o Grêmio chegou pela primeira vez pela esquerda, com Bruno Cortez. O lateral acionou Pedro Rocha, que driblou e cruzou pra trás, mas a zaga afastou. Em resposta, o peixe chegou com Lucas Lima, indo até a linha de fundo; Kannemann estava no lance e cortou de carrinho.

Os visitantes tiveram uma falta a seu favor da intermediária. A bola foi aberta para Copete na direita, mas Pedro Rocha e Cortez mandaram pela linha de fundo. No escanteio, Lucas Lima cruzou, Ramiro subiu e afastou.

Trocando passes, o Grêmio chegou ao campo de ataque. Pedro Rocha recebeu e girou por cima de Lucas Veríssimo, que derrubou o atacante com falta clara, mas a arbitragem não assinalou a infração.

Aos 12 minutos, Geromel roubou a bola no meio e lançou Fernandinho, mas Jean Mota chegou antes. Logo na sequência, Pedro Rocha fez uma jogada individual, tentando passar por três marcadores, mas foi desarmado.

Pela direita, o Grêmio criou uma grande jogada. Luan recebeu e se lançou para a área; deu um passe em profundidade para Everton, que vinha em velocidade, mas o arqueiro paulista conseguiu a defesa.

Aos 16', o Tricolor finalizou com Maicon, que recebeu passe de Fernandinho e chutou forte, mas a bola passou por sobre a meta santista. Em seguida, ainda pressionando, a bola escapou do domínio de Fernandinho, que se conseguisse controlar a bola ficaria cara a cara com o goleiro.

O Grêmio tentou as 22' com Luan, quando o camisa 7 passou por quatro marcadores dentro da grande área, chegando em frente a Vanderlei, mas Jean Mota calçou o atacante, que caiu dentro da área. Pênalti não assinalado. Em seguida, os gremistas recuperaram a bola e Everton finalizou; ela passou raspando a trave direita e saiu.

Pressionando muito, o Tricolor quase abriu o marcador. A bola voltou a Ramiro no campo de ataque, que chutou, mas Vanderlei caiu e deu o rebote - Everton mandou a gol, mas por cima.

Aos 26', Bruno Cortez fez grande jogada sobre Copete e cruzou no primeiro poste para Fernandinho, que dividiu com marcador. A bola saiu para escanteio. Na cobrança, ela foi colocada na área, mas afastada pela defesa adversária.

O Grêmio sofreu outro pênalti claríssimo não assinalado pela arbitragem. Ainda no lance, Luan ficou com a sobra, chutou da direita, a bola desviou no zagueiro e quase entrou. Passou raspando a trave direita de Vanderlei.

Outra falta para os gremistas. Aos 30', Luan colocou na área, mas zaga afastou. O Grêmio recuperou e iniciou nova jogada. Pedro rocha deu passe para Edilson, que foi a linha de fundo e cruzou. Lucas Veríssimo cortou em cima da linha, Everton pegou o rebote e chutou. A bola saiu à direita da meta.

Edilson foi punido com cartão amarelo por falta sobre Bruno Henrique. Maicon também levou um por reclamação.

O Grêmio chegou com Everton, que recebeu um cruzamento de Bruno Cortez. O atacante subiu, cabeceou, mas a bola foi por sobre a meta.

O Santos teve uma cobrança de escanteio a seu favor aos 37 minutos. Lucas Lima cruzou no primeiro poste, Fernandinho afastou, mas o peixe conseguiu nova cobrança. A bola foi colocada na área, em curva, muito forte e se perdeu pela linha de fundo. Tiro de meta!

Depois de recuperar a bola no meio-campo, Pedro Rocha foi acionado na meia esquerda, e mandou de canhota. Vanderlei defendeu no meio do gol.

Os paulistas tentaram chegar pela esquerda, com Ricardo Oliveira, mas Geromel fechou a porta. Na cobrança do escanteio, Jean Mota colocou na área, Bruno Henrique desviou e David Braz mandou de cabeça para o fundo do gol, abrindo o marcador aos 44 minutos.

Mas o Grêmio não se rendeu e correu atrás ainda nesse primeiro tempo. Aos 47 minutos, Fernandinho empatou a partida. Edilson fez boa jogada pela direita, cruzou, Pedro Rocha mandou a gol, mas Vanderlei defendeu com rebote. Fernandinho subiu e colocou no fundo das redes.


Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação e teve a saída de bola nesta etapa. Logo chegou ao ataque, primeiro com Fernandinho pela direita e na sequência, com Pedro Rocha, pela esquerda. O atacante cortou a marcação de Victor Ferraz e cruzou. Fernandinho dominou, mas arbitragem anulou o lance por domínio com o braço.

O Tricolor chegou de novo, com Fernandinho e Pedro Rocha. O camisa 32 entrou na área e foi derrubado, mas nada assinalado e teve carga. Outro pênalti não marcado. Ainda no ataque, Luan tabelou com Pedro Rocha, que recebia o último passe, mas Victor Ferraz fez o desarme.

Aos 7 minutos, depois de trabalhar bem a bola, Pedro Rocha recebeu no meio, cortou pra direita e bateu forte; Vanderlei espalmou.

Pela direita, os gremistas chegaram com Edilson, que cruzou. Everton chutou, mas dividiu com marcador e saiu pela linha de fundo. Escanteio. Na cobrança, foi colocada na área, a sobra ficou com Everton que sofreu falta na esquerda. Luan colocou na área, mas a zaga afastou.

Aos 21 minutos, depois da zaga afastar o cruzamento de Edilson, Ramiro ficou com a sobra, matou no peito e mandou a gol. Vanderlei conseguiu a defesa.

O Santos teve uma chance com cobrança de falta. Ricardo Oliveira colocou na área, mas os atacantes cometeram falta de ataque sobre Edilson.

Aos 28', Fernandinho acionou Edílson na direita, mas o lateral chutou para fora da ponta da área.

Substituição: Saiu Everton, entrou Michael Arroyo, aos 29'.

O Grêmio chegou de novo pela direita. Edilson cruzou, buscando Maicon, mas a bola foi forte demais e se perdeu pela linha lateral.

Aos 39', Maicon fez um cruzamento da direita para a área, buscando Arroyo, que subiu junto com Victor Ferraz e mandou por cima da meta. No lance, acabou ficando caído no gramado, pela forte dividida.

Substituição: Saiu Michael Arroyo, entrou Jailson, aos 44 minutos.

Depois de trocar passes, Jailson recebeu a bola e mandou de longe. Ela foi pra fora. Em seguida, com uma nova troca de passes rápida, o Tricolor chegou com perigo. A bola bateu na marcação e chegou a maicon, que chutou forte; também sem direção.

O final do jogo foi polêmico. Lances não marcados e muitos cartões amarelos. Inclusive Edilson foi expulso.

O Tricolor ainda teve um lance no último minuto, em que Luan mandou a gol, mas Vanderlei defendeu.

Jogo finalizou aos 56 minutos.

Público: 32.251 torcedores

Fotos: Lucas Uebel | Divulgação Grêmio FBPA

 


Grêmio X Santos




Campeonato Brasileiro 2017 - Primeiro Turno

Placar: Grêmio  1 X 1  Santos
Local: Arena
Data: 30.jul.2017

Gols:  Fernandinho

Escalação Grêmio
Marcelo Grohe  
Edilson  
Geromel  
Kannemann  
Bruno Cortez  
Maicon  
Ramiro  
Fernandinho  
Luan  
Pedro Rocha  
Everton  
  Entrou Saiu
Arroyo   Everton
Jailson   Arroyo
Escalação Santos
Vanderlei  
Victor Ferraz  
Lucas Veríssimo  
David Braz  
Jean Mota  
Alison  
Yuri  
Lucas Lima  
Copete  
Bruno Henrique  
Ricardo Oliveira  
 
Reservas  
 
João Paulo  
Fabián Nogueira  
Daniel Guedes  
Orinho  
Leandro Donizete  
Rafael Longuine  
Serginho  
Thiago Ribeiro  
Vladimir Hernández  
 

notícias anteriores