Notícias

3dez

COM GRUPO DE TRANSIÇÃO, GRÊMIO FINALIZA BRASILEIRÃO

Tricolor disputou a última partida da competição em 2017 no Independência
Share Share Share

O Grêmio disputou no final da tarde deste domingo, a última partida pelo Campeonato Brasileiro deste ano. O Tricolor viajou com o grupo de transição para Belo Horizonte, onde enfrentou o Atlético-MG. Fez uma grande partida, por pouco não venceu, mas acabou saindo derrotado pelo placar de 4 a 3.

O marcador foi aberto aos 33 minutos da primeira etapa, com Jean Pyerre - Dionathã cobrou uma falta, a bola desviou em Fábio Santos e sobrou para o meia, que livre, deslocou o goleiro Víctor, mandando para o fundo das redes.

Mas o Galo não demorou a empatar e aos 36’ Elias deixou tudo igual depois de tabelar com Fred.

O Tricolor não desanimou e voltou a frente. Aos 44’, Jean Pyerre fez um bom lançamento para Pepê, que driblou o goleiro mineiro, marcando o segundo gol gremista da partida.

Já os donos da casa voltaram a empatar com Otero, ainda no primeiro tempo, aos 48’.

Para a segunda etapa, o Grêmio voltou igual, mas logo aos 6’, o técnico César Bueno fez a sua primeira alteração, tirando Lucas Poletto, que deu lugar para Batista. Aos 15’, a substituição surtiu efeito, depois do atacante assinalar o terceiro gol gremista. A jogada se desenhou com Pepê, que fez um cruzamento buscando Batista. Ele se antecipou e mandou para o fundo das redes.

Os mineiros relutaram e aos 20’, Fred deixou tudo igual novamente. As duas últimas modificações foram providenciadas: Ruan e Jean Pyerre saíram para a entrada de Ericson e Matheusinho, respectivamente.

O Galo ainda teve um jogador expulso já na reta final da partida. Aos 37’, Gustavo Blanco foi punido por cometer uma falta forte sobre Pepê.

Em função de uma queda de luz no Independência, o jogo foi paralisado e voltou a normalidade aos 49’. Quatro minutos depois, em cobrança de falta, Otero marcou o gol que deu a vitória para o Atlético-MG.

 

Público : 19.116 torcedores


Escalação: Bruno Grassi, Felipe, Emanuel, Ruan (Ericson), Conrado, Balbino, Machado, Jean Pyerre (Matheusinho), Lucas Poletto (Batista), Dionathã e Pepê.

Suplentes: Brenno, Raul, Guilherme Guedes, Ericson, Lucas Araújo, Matheusinho, Patrick, Vico, Batista.

Gols: Jean Pyerre, Pepê e Batista

Cartões amarelos: Dionathã

Foto: Antildes Bicalho | Agência Photopress | Lancepress


notícias anteriores