Notícias

20abr

GRÊMIO SOFRE REVÉS NA ESTREIA DO BRASILEIRÃO 2014

Tricolor foi superado pelo Atlético PR em Florianópolis
Share Share Share Share

A estreia do Grêmio no Campeonato Brasileiro não foi aquela que o torcedor gremista esperava. Jogando em Florianópolis, na tarde deste domingo, o Tricolor foi superado pelo Atlético PR pelo placar de 1 a 0. Atuando como mandante, o Furacão teve apenas uma possibilidade de gol na partida e acabou marcando com Drausio, no primeiro tempo. O Tricolor martelou durante toda a partida em busca do empate, mas não conseguiu chegar. Apesar do resultado, o Grêmio tem que voltar suas atenções para Copa Libertadores e o jogo importantíssimo da próxima quarta, contra o San Lorenzo, pelas oitavas de final da competição.


PRIMEIRO TEMPO:


A primeira dificuldade da tarde ficou por conta da substituição de última hora na equipe do Grêmio. No aquecimento, Marcelo Grohe sofreu um desconforto muscular e acabou sendo substituído por Busatto.

O Tricolor começou bem a partida e criou a primeira oportunidade logo aos 5 minutos: Dudu recebeu na esquerda, ao lado da área, e fez o cruzamento. Zé Roberto apareceu de surpresa, entre a marca de pênalti e a linha da pequena área, e meteu de cabeça. A bola foi sobre o corpo do goleiro Santos, que fez firme defesa. Bom lance!

No lance seguinte, outra vez Zé Roberto. Ele recebeu na entrada da área e tentou surpreender mandando por cobertura. Desta vez, a bola subiu demais, por sobre o travessão.

O Atlético PR criou sua primeira oportunidade aos 15 minutos e marcou seu primeiro gol: Marcelo cobrou falta da direita, ao lado da área. O zagueiro Drausio se antecipou a Busatto e mandou para as redes.
Atlético 1 a 0.

O Grêmio levou pelo menos dez minutos para assimilar o gol sofrido: aos 25, Ramiro recebeu de Dudu e arriscou de longa distância. A bola encobriu a meta de Santos, mas desviou na zaga.

Dois minutos depois, Dudu sofreu falta na entrada da área, junto á meia-lua. A chance era muito boa, mas Zé Roberto cobrou muito alto. Outra vez sobre o travessão.

O Furacão respondeu no lance seguinte: Mário Sérgio levantou na direita, no segundo pau. Busatto fez a defesa parcial, mas o rebote caiu nos pés de Ederson, que chutou para o gol aberto. Para sorte do Grêmio, Bressan salvou e Geromel afastou o perigo. Que perigo.

Nos minutos finais, o Grêmio cresceu na partida e criou duas boas chances para empatar: aos 41 minutos, Dudu deu para Riveros, dentro da área, pela direita. Ele limpou o zagueiro, mas chutou forte, por sobre o gol. Incrível!

No minuto seguinte, após trocar passes na frente da área paranaense, Pará recebeu na direita e cruzou com perfeição. Barcos se antecipou à zaga e meteu a cabeça. Santos fez a defesa no susto salvando o Furacão.

O Atlético ainda teve a oportunidade de ampliar já nos descontos: Marcelo recebeu dentro da área, livre, mas invés de chutar, preferiu fazer o passe para Ederson, que pegou fraco na bola. Busatto fez a defesa. Escapou o Grêmio.

Foi o último lance da etapa inicial.


SEGUNDO TEMPO:


O Tricolor voltou para etapa final sem modificações na equipe.

Logo aos 3 minutos, após cruzamento da esquerda, Barcos brigou no alto com a defesa e conseguiu ajeitar para Zé Roberto, que rolou atrás. Lá estava Pará, na entrada da área, mas ele pegou muito embaixo da bola, por sobre o travessão.

Cinco minutos depois, Zé Roberto deu para Barcos, na esquerda. Dentro da área, o Pirata tentou passar pelo marcador, perdeu o ângulo, mas chutou assim mesmo, por sobre o travessão de Santos.

Aos 12, após uma bola afastada pela defesa do Furacão, Breno colocou pra dentro da área encontrando Riveros, na esquerda. O paraguaio chutou cruzado e Santos fez boa defesa.

No lance seguinte, Pará apareceu na direita e fez o cruzamento. Barcos levou a melhor e desviou de cabeça. A bola passou perto do poste esquerdo de Santos, que só olhou.

Aos 15 minutos, o Grêmio mudou pela primeira vez: Rodriguinho entrou no lugar de Bressan para fazer sua estreia com a camisa do Grêmio.

Aos 20, Zé Roberto recebeu na entrada da área e abriu para Ramiro, na direita. Livre, o volante cruzou rasteiro procurando Barcos, mas a zaga afastou na hora certa mandando para escanteio. Incrível!

Na sequência, Enderson Moreira colocou Léo Gago no lugar de Breno na segunda modificação do Tricolor.

O Grêmio passou a ter o total controle da partida chegando com muito perigo em busca do empate.

Com o passar do tempo e a dificuldade em chegar ao gol do adversário, o técnico gremista tentou uma última modificação colocando o atacante Everton no lugar de Pará.

O Atlético, por sua vez, segurava do jeito que podia e qualquer oportunidade para ganhar tempo era aproveitada ao máximo.

Mais na base do coração, o Grêmio tentou uma pressão no final, mas acabou parando na defesa paranaense, que segurou até o apito do árbitro.

Agora o Grêmio embarca para Bueno Aires onde enfrenta o San Lorenzo, quarta, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

 

Foto: Charles Guerra - Agência RBS

 






Campeonato Brasileiro - Turno

Placar: Atlético-PR  1 X 0  Grêmio
Local: Florianópólis
Data: 20.abr.2014


Escalação Grêmio
Busatto  
Pará  
Bressan  
Geromel  
Breno  
Edinho  
Ramiro  
Riveros  
Zé Roberto  
Dudu  
Barcos  
  Entrou Saiu
Rodriguinho   Bressan
Léo Gago   Breno
Everton   Pará
Escalação Atlético-PR
Santos  
Mário Sérgio  
Dráusio  
Cleberson  
Natanael  
Deivid  
João Paulo (Otávio)  
Paulinho Dias  
Marcos Guilherme (Mosquito)  
Marcelo  
Ederson (Lucas Olaza)  

notícias anteriores