Notícias

16jul

DE VIRADA, GRÊMIO VENCE A PONTE PRETA NA ARENA

Com gols de Lucas Barrios (2x) e Everton, Tricolor superou a Macaca pelo placar de 3 a 1
Share Share Share

O Grêmio voltou a campo na tarde deste domingo, na Arena, em jogo contra a Ponte Preta, válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Superou a Macaca, de virada, pelo placar de 3 a 1.

O jogo foi truncado na primeira etapa. O time paulista veio fechado e marcando com muita intensidade. Conseguiu abrir o marcador aos 34 minutos, com um gol contra, que teve o desvio de Rafael Thyere. A equipe gremista não conseguiu criar, deixando os adversários a vontade na partida.

Já no segundo tempo, a história foi diferente. Aos 11 minutos, o Grêmio chegou ao gol de empate com Lucas Barrios - Pedro Rocha fez boa jogada individual e serviu o paraguaio na área, que finalizou; a bola ainda desviou em Naldo antes de morrer no fundo das redes. O Tricolor conseguiu a virada aos 25', com Barrios marcando de novo, agora de pênalti - chutou muito bem, sem chances de defesa do goleiro Aranha. Aos 42', depois de uma grande jogada coletiva, Everton, de cabeça, marcou o terceiro.

Com a vitória, o Grêmio chega a 28 pontos no Brasileiro e segue na vice-liderança.

Escalação: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Rafael Thyere, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Pedro Rocha e Lucas Barrios.

Banco: Leo, Leonardo Gomes, Bressan, Bruno Rodrigo, Marcelo Oliveira, Jailson, Kaio, Machado, Miller Bolaños, Lincoln, Fernandinho e Everton.

O trio de arbitragem foi comandado por Claudio Francisco Lima E Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Fabio Pereira.


O jogo:

Primeiro Tempo

A saída foi da Ponte, que conseguiu chegar pela primeira vez aos 5 minutos de jogo, com um chute de Jadson, mas ele mandou muito mal, lá na torcida.

O Grêmio chegou pela esquerda, com Pedro Rocha, depois de Geromel recuperar a bola para o Tricolor. O atacante partiu em velocidade, mas a bola correu demais e a zaga conseguiu proteger a bola, que saiu pela linha de fundo. O time paulista respondeu na sequência, com um lançamento em profundidade de Cajá buscando Lucca, mas a defensiva gremista interceptou a jogada.

O Tricolor teve uma boa oportunidade com falta da intermediária. Luan cobrou na área, mas a defesa afastou de cabeça. A Ponte também teve sua chance. Cajá colocou em curva, mas mandou muito forte. A bola foi direto para fora.

Aos 12 minutos, um escanteio a favor do Tricolor. Luan colocou no segundo poste, mas a defensiva conseguiu o corte.

A Ponte Preta chegou com perigo por volta dos 20 minutos, com Lucca, que veio pelo meio, cortou pra perna direita e chutou. Marcelo Grohe caiu para fazer a defesa, mas a bola foi para fora, à esquerda da meta gremista.

O Tricolor levou perigo à meta adversária com uma boa jogada, de pé em pé, uma transição rápida. Lucas Barrios acionou Ramiro na direita e chutou. Aranha espalmou pra escanteio. Nas duas cobranças, a defesa paulista cortou.

Mais uma chance gremista, agora pela esquerda. Pedro Rocha chegava passando pela marcação, mas foi derrubado com falta. Luan cobrou, alçou na área, para mais uma vez a defensiva afastar, com 25 minutos de bola rolando.

Aos 31 minutos, quase que o Tricolor abriu o marcador. Primeiro, Michel recebeu no meio e chutou, obrigando Aranha a fazer uma boa defesa, espalmando para o meio. Edilson pegou a sobra e mandou uma bomba, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora.

A Ponte Preta infelizmente conseguiu abrir o marcador aos 34 minutos, com um gol contra de Rafael Thyere. Nino Paraíba lançou Lucca, que acionou Sheik dentro da área. Na tentativa de cortar, o zagueiro gremista acabou tocando errado e abriu o placar.

O Grêmio teve uma falta na intermediária. Luan mandou na área, mas a bola correu demais e saiu pela linha de fundo, com 40'.

Os paulistas tiveram uma falta da esquerda. Colocaram direto na área, mas Marcelo Grohe segurou. Em resposta, o Grêmio também teve um oportunidade em falta. Luan cobrou fechado e Aranha fez a defesa.

Trocando passes, a bola chegou a Pedro Rocha, que driblou a marcação e chutou com perigo. Ramiro quase chegou para completar, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

Jogo finalizou aos 48 minutos.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a seguinte alteração: Saiu Arthur, entrou Fernandinho.

Tricolor teve a saída de bola e chegou bem logo no primeiro minuto, com Barrios recebendo sozinha em frente a área, mas a arbitragem assinalou falta do paraguaio fora do lance. Interceptada a jogada.

O Grêmio teve boa chance com um lançamento procurando Pedro Rocha na esquerda. O atacante recebeu e cruzou, Aranha defendeu. Na sequência foi a vez de Barrios mandar a gol, mas chutou fraco, facilitando a defesa do goleiro adversário.

A Ponte teve uma falta no comando de ataque. Da direita, Cajá colocou em curva e defesa cortou. Escanteio. Renato colocou com perigo na área, Grohe defendeu de soco e ela ficou com a defesa tricolor.

Trocando passes, a bola chegou a Luan, que sofreu uma falta de Naldo, na direita. Luan cobrou, a bola ficou viva na área, Pedro Rocha cruzou novamente, mas houve o corte da defensiva.

E o Tricolor chegou ao empate aos 11 minutos. Pedro Rocha fez boa jogada individual e serviu Barrios, na área. O paraguaio chutou a gol, houve o desvio em Naldo e a bola morreu no fundo das redes. Gol!!! Aos 14', quase a virada. Após um cruzamento de Edílson, o atacante dividiu no alto com Marllon, que conseguiu mandar a escanteio.

Por parar um contra-ataque da Ponte com falta sobre Jádson, Edilson acabou amarelado. Na sequência, a Ponte respondeu com Lucca chutando a gol, mas Grohe defendeu.

Já aos 21 minutos, em cobrança de falta, Edílson mandou uma bomba com perigo à meta adversária. Quase assinalado o segundo gol gremista. Respondendo, Lucca cobrou uma falta para os paulistas e a bola fez uma curva pelo lado de fora.

Os gremistas tiveram a chance da virada com uma cobrança de pênalti. Fernando Bob segurou Fernandinho dentro da área, que caiu no gramado. Na cobrança, Lucas Barrios mandou para o fundo das redes, no ângulo, sem chances de defesa do goleiro Aranha, aos 24 minutos. Virada gremista.

Respondendo, os paulistas tentaram com Lucca, de primeira, mas ele mandou nas mãos de Grohe. Na sequência, o atacante sofreu uma falta de Edílson pela ponta direita, mas não aproveitou.

O Tricolor tentou o terceiro. Geromel desarmou Negueba no campo de defesa e saiu ao campo de ataque, acionando Luan. O camisa 7 buscou passe para Barrios, as costas da zaga, mas Nino cortou e mandou pra escanteio.

Em jogada de contra-ataque, Luan saiu em velocidade e tentou passe. A bola bateu na zaga, voltou a Cortez e sobrou para pedro Rocha, que mandou a gol, com muito perigo, mas o atacante estava impedido.

Substituição: Saiu Pedro Rocha, entrou Everton, aos 36 minutos.

A Ponte conseguiu chegar com Lucca, chutando forte da intermediária, obrigando Grohe a fazer boa defesa.

Substituição: Saiu Lucas Barrios, entrou Marcelo Oliveira, aos 39 minutos.

Os visitantes tiveram outra chance em cobrança de falta, mas a defensiva gremista cortou bem.

Trocando bons passes, o Tricolor chegou ao terceiro gol, pra fechar o jogo, aos 42 minutos. Em uma grande jogada coletiva, bem trabalhada. Luan achou Ramiro dentro da área e o volante ajeitou de cabeça para Everton, também de cabeça, mandar para as redes!

Grêmio 3 a 1, na Arena.

Jogo finalizou aos 48 minutos.

Público pagante: 19.292
Público não pagante: 1.841
Público total: 21.133
Renda: 677.199,00

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA


Grêmio X Ponte Preta




Campeonato Brasileiro 2017 - Primeiro Turno

Placar: Grêmio  3 X 1  Ponte Preta
Local: Arena
Data: 16.jul.2017

Gols:  Lucas Barrios(2), Everton

Escalação Grêmio
Marcelo Grohe  
Edilson  
Geromel  
Rafael Thyere  
Bruno Cortez  
Michel  
Arthur  
Ramiro  
Luan  
Pedro Rocha  
Lucas Barrios  
  Entrou Saiu
Fernandinho   Arthur
Everton   Pedro Rocha
Marcelo Oliveira   Lucas Barrios
Escalação Ponte Preta
Aranha  
Nino Paraíba  
Marllon  
Rodrigo  
Fernando Bob  
Jeferson  
Jadson  
Naldo  
Lucca  
Renato Cajá  
Emerson Sheik  
 
Reservas  
 
João Carlos  
Fernandinho  
Kadu  
Elton  
Jean Patrick  
Wendell  
Felipe Saraiva  
Claudinho  
Negueba  

notícias anteriores