1989 - Campeão da 1ª Copa do Brasil Invicto

Final

 

Com a criação da Copa do Brasil, em 1989 foi aberto outro caminho para a Libertadores: o vencedor assegurava uma vaga para a competição. Era um torneio eliminatório constituído pelos Campeões e Vice- Campeões de cada estado brasileiro no sistema de ida e volta (mata-mata).

 

O Grêmio foi derrubando um a um o seus oponentes, chegando a conquistar algumas vitórias históricas sobre seus adversários, como o placar de 6 a 1 que o Grêmio aplicou sobre o renomado Flamengo. O adversário da final era o Sport Recife. Na primeira partida o Grêmio soube conter a motivação dos Pernambucanos e de sua torcida, garantindo um importante empate.

 

Na partida de volta, o Olímpico lotou para ver o Grêmio Campeão e , para delírio dos 60 min torcedores gremistas, o jogo foi 2 a 1, com gols de Assis e Cuca. O Grêmio conquistava invicto o campeonato e novamente o Brasil via de perto a força da camiseta tricolor.

 

2 de setembro de 1989. O primeiro título da Copa do Brasil era do Grêmio. Um pioneiro na conquista de glórias memoráveis.

 

FICHA DO JOGO > GRÊMIO x SPORT

Local: Estádio Olímpico

Data: 02/09/1989

ÁRBITRO: José Assis Aragão

 

GOLS

Assis, Cuca (Grêmio) e Mazaropi contra (Sport)

 

SUBSTITUIÇÕES - GRÊMIO

Entrou Trasante, saiu Alfinete.

Entrou Almir, saiu Nando.

 

SUBSTITUIÇÕES - SPORT

Entrou André, saiu Rogério.

Entrou Dinho, saiu Lopes.

GRÊMIO (2) SPORT (1)
MAZAROPI RAFAEL
ALFINETE BETÃO
LUIZ EDUARDO MÁRCIO
EDINHO AÍLTON
HÉLCIO AÍRTON
JANDIR ROGÉRIO
LINO LOPES
CUCA JOÉCIO
ASSIS BARBOSA
NANDO MARCOS VINÍCIOS
PAULO EGÍDIO EDSON
Técnico: Claudio Duarte Técnico: Cândinho

 

CONSELHO DELIBERATIVO

Presidente: Flávio Obino

Vice-presidente: Adail B. Fortes

 

DIRETORIA

Presidente: Paulo Odone de Araújo Ribeiro

Vice de futebol: Rafael Bandeira dos Santos

Diretor: Túlio Macedo

Supervisor: Antônio Carlos Verardi

Preparador Físico: Gilberto Tim

Médico: Dr. Alarico Endres