Campeão Brasileiro 1981

Final


A tarde de 03 de maio de 1981 ficou marcada como o reconhecimento definitivo do Brasil à grandeza de um clube que firmava-se nacionalmente como um time vencedor.


Após jogar contra as equipes mais fortes do Brasil, o Grêmio, na final do Campeonato Brasileiro, enfrentou o São Paulo, que naquela época possuía vários jogadores da Seleção Brasileira.


O jogo era considerado difícil, apesar da vantagem que o GRÊMIO havia conquistado na primeira partida da final, quando derrotou os paulistas no Olímpico Monumental por 2 x 1. Porém, o Morumbi lotado foi obrigado a ver a festa de uma pequena e apaixonada torcida gremista no final do jogo.


Aos 20 minutos do 2º tempo, o jogador Baltazar mata a bola no peito e chuta no ângulo superior esquerdo do goleiro Waldir Peres. Um gol histórico, que marcou o início de caminho glorioso, estrela do pelas grandes conquistas nacionais e internacionais.


Era a primeira vez que o Brasil conhecia a força das cores azul, preto e branco. Era a primeira vez que o Brasil conhecia a força do tricolor GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE.



FICHA DO JOGO > GRÊMIO x SÃO PAULO

Local: Estádio Morumbi

Data: 03/05/1981

ÁRBITRO: José Roberto Wright



GOL

Baltazar (Grêmio)



SUBSTITUIÇÕES - GRÊMIO

Entrou Jurandir, saiu Vilson Tadei.

Entrou Renato Sá, saiu Odair.



SUBSTITUIÇÕES - SÃO PAULO

Entrou Assis, saiu Everton.


GRÊMIO (1) SÃO PAULO(0)
LEÃO VALDIR PEREZ
PAULO ROBERTO GETÚLIO
NEWMAR OSCAR
DE LEON DARIO PEREYRA
CASEMIRO MARINHO
CHINA ÉLVIO
PAULO IZIDORO RENATO
VILSON TADEI EVERTON
TARCISO PAULO CÉSAR
BALTAZAR SERGINHO
ODAIR ZÉ SÉRGIO
Técnico: Enio Andrade Técnico: Carlos A. Silva


CONSELHO DELIBERATIVO

Presidente: Pajehú Macedo e Silva

Vice-presidente: Pedro da Silva Pereira



DIRETORIA

Presidente: Hélio Dourado

Vice de futebol: Rafael Bandeira dos Santos

Diretor: Milton Kuelle

Supervisor: Antônio Carlos Verardi

Preparador Físico: Júlio Espinosa

Médico: Dr. Dirceu Colla

galeria de imagens: