Transparência

Grêmio apresenta Demonstrativos Financeiros do 2º Trimestre de 2020 no Portal de Governança

Clube destaca a importância do engajamento dos associados e a eficácia das ações do Plano de Contingência

04 AGO 2020 10:01 | Atualizado em 04 AGO 2020 13:31 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, alinhado às melhores práticas de governança corporativa, disponibiliza o Demonstrativo de Resultado e o Balanço Patrimonial referentes ao segundo trimestre de 2020 no Portal de Governança do Clube (https://www.gremio.net/governanca/). A medida atende a uma das diretrizes da política de transparência idealizada pelo Conselho de Administração.

Visando minimizar os impactos da crise econômica decorrente da Pandemia da COVID-19, declarada pela OMS em 11 de março de 2020, e a consequente suspensão de todas as competições de futebol, a Administração do Clube estruturou e colocou em prática um Plano de Contingências baseado em dois objetivos estratégicos: (1) a sustentabilidade do Clube no curto, médio e longo prazos e (2) a responsabilidade humana e social. 

Este plano foi desdobrado em 3 (três) principais eixos de atuação, sendo eles: (1) Econômico e Financeiro. (2) Relações Trabalhistas e Ações Sociais e (3) Marca e Relacionamento. Dentre as principais ações, em cada um dos eixos do Plano de Contingências, estão contempladas a realização de profunda adequação orçamentária do Clube ao atual momento vivenciado, a readequação financeira da remuneração dos atletas profissionais e comissão técnica, a ampla renegociação junto a fornecedores, acordos judiciais e extrajudiciais, a revisão/suspensão de contratos, a reestruturação do endividamento bancário de curto prazo, a flexibilização das relações de trabalho com base nas Medidas Provisórias 927 e 936, a criação de benefícios e vantagens especiais para sócios, o fomento das ações de relacionamento virtual e a realização de diversas ações sociais. 

Neste 2º Trimestre de 2020, faz-se destaque ao importante engajamento dos associados, que mantiveram suas contribuições sociais em dia, e ao foco na execução de todas medidas estabelecidas no Plano de Contingências para enfrentamento da crise. Tais medidas se mostraram eficazes, precisas e proporcionais aos desafios advindos deste período pandêmico. 

Importante ressaltar, também, a participação efetiva dos patrocinadores que, na sua totalidade, se colocaram ao lado da Instituição, assim como, a todos os fornecedores, prestadores de serviço e profissionais do Clube, em todas as áreas, que se mostraram sensíveis à conjuntura global e aderiram ao Plano de Contingência estabelecido pela Administração.

Nesse contexto, o Clube encerrou o primeiro semestre com receita bruta de R$ 166,9 milhões, custo total da atividade do desporto de R$ 119,6 milhões, EBITDA de R$ 47,3 milhões, culminando, assim, com Superávit de R$ 30,4 milhões. Neste superávit está incluída a receita contábil referente a mecanismos de solidariedade de atletas na ordem de R$ 16,3 milhões, conforme previsto nas normas contábeis aplicáveis, embora o efetivo recebimento de tais valores pelo Clube somente deva ocorrer a partir do 2º Semestre de 2020. 

Cabe salientar, porém, que mesmo obtendo resultados extremamente positivos neste 2º Trimestre de 2020, os próximos meses exigirão a mesma rigidez às práticas de austeridade de gestão no sentido de assegurar fluência à estabilidade financeira da Instituição que, aliada à compreensão e o apoio permanente dos sócios, torcedores e patrocinadores, estabelecerão condições fundamentais à superação deste momento de excepcionalidade.