Memória

Pedra Fundamental da Arena do Grêmio completa 11 anos

Solenidade foi repleta de simbolismo, como a chegada de De León ao local, com pedaço da grama do Olímpico

20 SET 2021 10:00 | Atualizado em 19 SET 2021 20:13 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Há exatos 11 anos, o Grêmio escreveu mais um capítulo de sua história. Em 20 de setembro de 2010, em solenidade que reuniu cerca de 10 mil gremistas no terreno onde hoje está localizada a Arena do Grêmio, ocorreu o lançamento da Pedra Fundamental para o início das obras da nova casa gremista.

O evento,  antecedido por uma carreata que deixou o Estádio Olímpico no início da tarde do feriado da Revolução Farroupilha, foi acompanhado por ex-atletas como Tarciso Flecha Negra, Mazaropi e Paulo César Magalhães, dirigentes e  conselheiros.  Um dos pontos altos da cerimônia foi a chegada de helicóptero de  Hugo de León, capitão do título da Libertadores e do Mundial de 1983, carregando uma leiva da grama do Olímpico em uma caixa de madeira, simbolizando a mudança para o Humaitá.

O então presidente Duda Kroeff discursou em cerimonial que contou também com a presença do atual vice-presidente do Conselho de Administração Adalberto Preis, à época presidente da Grêmio Empreendimentos, além dos ex-mandatários gremistas, Luiz Carlos Silveira Martins e Paulo Odone Chaves de Araújo Ribeiro. 

A cerimônia foi encerrada com o acionamento do mecanismo que deu início às obras. Duas máquinas bate-estacas lançaram a simbólica pedra fundamental do que seria o novo estádio do Grêmio. 

 

Fotos: Lucas Uebel