Gurias Gremistas

Bruna Flôr completa 50 jogos e relembra seus melhores momentos no Tricolor

Da Escola do Grêmio à profissionalização, zagueira conquistou o Campeonato Gaúcho em 2018 e está em sua quarta temporada na equipe

22 SET 2020 15:45 | Atualizado em 22 SET 2020 16:04 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Integrante da equipe feminina do Grêmio desde que a modalidade foi resgatada em 2017, a zagueira Bruna Flôr coleciona grandes momentos vestindo azul, preto e branco. O último deles na partida contra o Corinthians, em duelo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A1, quando chegou a marca de 50 jogos pelo Tricolor.

Nascida em 16 de maio de 1994, em Porto Alegre, Bruna carrega na família o amor pelo Grêmio, que se consolidou ainda mais com suas idas ao Olímpico e primeiros chutes na bola. Em 2010, aos 16 anos, ingressou na Escola de Futebol do Grêmio para dar início ao sonho de se tornar uma atleta de futebol. Mais do que a experiência de jogar pelo seu Clube, ela sentiu na pele o que era conquistar títulos logo cedo: foi bicampeã gaúcha - 2010 e 2011 - pelo sub-17. Da Escola do Grêmio, saiu da casa dos pais para jogar em São Paulo, na Associação Botucatuense de Desporto, onde atuou em 2012 e 2013. De volta ao Rio Grande do Sul, jogou pelo Duda Canoas em 2015 e 2016, conquistando duas vezes o Gauchão.

Foto: Arquivo pessoal

Mas foi a partir de 2017 que a zagueira viveria seus melhores momentos no futebol. Após ser escolhida para integrar a equipe do Grêmio, que marcaria a retomada do futebol feminino no clube, ela disputou o Campeonato Brasileiro A1. Embora os resultados da primeira experiência na elite no futebol feminino daquele ano não tenham sido os que esperava, ela acrescentou bagagem para ir em busca de mais sonhos.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em 2018, integrou a equipe que disputou a Série A2 e, no meio da temporada, foi surpreendida com a concretização de mais um objetivo em sua carreira. Funcionária em uma Escola de Educação Infantil na época, Bruna se dividia entre os treinos, trabalho e faculdade, mas em agosto de 2018 recebeu a notícia de que seria profissionalizada, passando a se dedicar exclusivamente ao futebol. Mas aquela temporada ainda reservava um presente para Bruna, ao lado do elenco daquele ano. Para fechar 2018 com “chave de ouro”, a equipe conquistou o Campeonato Gaúcho, diante do Internacional, e no estádio do maior rival. Esse feito é considerado um dos mais marcantes para a zagueira.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

“Tenho realizado sonhos aqui no Grêmio. Ser profissionalizada, aqui no RS, e ainda mais vestindo o meu manto é algo incrível, que eu não consigo descrever. A lembrança mais marcante com certeza é o título de 2018 porque ele veio para honrar todo aquele ano, que junto com a profissionalização, foi a realização de um duplo sonho”, disse à GrêmioTV.

Esse ano de 2020 marca a quarta temporada de Bruna Flôr no Tricolor. Desde 2017 no Grêmio, ela alcançou a marca de 50 jogos na última partida pelo Campeonato Brasileiro, diante do Corinthians. Além dela, a volante Tchula e lateral Jissele Agnes são as únicas no elenco que já atingiram o expressivo número. 

Acompanhe o vídeo especial que a GrêmioTV preparou!